quarta-feira, 27 de maio de 2009

RECURSO DIDÁTICO - Sociedade dos Poetas Mortos: uma abordagem cognitivista

video
Trata-se da história de um grupo de jovens alunos que tem o privilégio de trabalhar com um professor visionário, de atitudes inesperadas, que instigou os alunos a pensarem por conta própria dentro de uma "High School" conservadora. Título: Sociedade dos Poetas Mortos(Deads Poets Society); Origem: USA, 1989; Duração: 128 min; Categoria: drama; Distribuição: Abril Vídeo; Direção: Peter Weir; Elenco: Robin Williams, Robert Sean Lenard,Ethan Hanke e Tosh Charles. Do processo de ensino e aprendizagem: trata-se de uma abordagem de ensino próxima dos fundamentos desenvolvidos por Jean Piaget (1896-1980). O têrmo "cognitivista" se refere aos psicólogos que investigam os processos do indivíduo, dificilmente observáveis, tais como: organização do conhecimento, processamento de informações, estilos de pensamentos e comportamentos relativos à tomada de decisões. Quanto à aquisição do conhecimento, Piaget admite, pelo menos, duas fases: 1º) exógena: fase da constatação, da cópia, da repetição; 2º) endógena: fase da compreensão das relações, das combinações. O ensino que seja compatível com a teoria piagetiana tem de ser baseado no ensaio e no erro, na pesquisa, na investigação, na solução de problemas por parte do aluno, e não em aprendizagem de fórmulas, nomenclaturas, definições, etc, como se apresenta a tradicional "High School" do filme. A relação professor-aluno se dá pela ênfase no desenvolvimento intelectual e cognitivo - professor: mediador e provocador, conhecedor do assunto; aluno ativo: pesquisador, busca seus conhecimentos, é livre para refletir. Portanto o personagem/professor, quebra um paradígma tradicional, apostando numa abordagem cognitivista, onde o ser humano, durante seu desenvolvimento cognitivo, não sofre pressão no seu desempenho escolar padronizado.
Prof. Sergio Gabeloni
Sugestão de leitura:
MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Ensino:as abordagens do processo. São Paulo, 1989. EPU. (Originário de sua dissertação de mestrado.)

Nenhum comentário: